30 de junho de 2009

MULHER E POETA

Não gosto do feminino de poeta
Poesia não tem sexo
Tem é cor
Alma, coração
Sou poeta sim
Mulher
Mulher flor e borboleta
Com letras coloridas
Na pele, nas pétalas
Nas asas, na alma
Não sou poetisa
Sou poeta


(Sandra Fuentes)

Um comentário:

J Neto, The White Cat disse...

Sim Sandra poesia não tem sexo, nem hora, não é e sim está.
Poesia é o observar de nuances de nossa vida, do bailar das letras a criar mundos e sentimento, também de forjá-los em versos crio verdadeiros mundos onde um eu diferente vive, e habita, sou o senhor deste mundo. E as poetisas? Bem são as deuses etéreas deste mundo, fazendo dele mais e mais perfumado, é como ter uma bela casa, mas apenas a mulher sabe se pode por ali flores ou não.

Abraços do White Cat, lindo poema.